Quem é?

Juliano Schüler (@jrschuler) é sócio-diretor da Quater Comunicação (@AgenciaQuater), agência de comunicação digital de Porto Alegre, focada em mídias sociais, produção de conteúdo para blogs e assessoria de imprensa.

Formado em jornalismo pela Famecos-PUCRS, mergulhou na comunicação digital muito antes dos bancos acadêmicos. Já navegava em conexões discadas (e arrastadas) em BBS, depois em mIRCs. Profissionalmente, a coisa ficou séria quando passou a integrar a equipe de redação do clicRBS, em 2000. Schüler passou pelas redações do clicEsportes e de zerohora.com nesse período, até fim de 2011. Em janeiro de 2012, fundou a Quater ao lado dos sócios Gustavo Alves (ao fundo, na foto) e Rodrigo Schmidt (à esquerda de Schüler, o moço em destaque).

Ah, claro, tem o iPhone recheado de apps que o mantenham conectado nas redes sociais, principalmente.

 

Qual o app de que você é fã hoje?

Acho que não tenho apenas um app de que eu seja fã. Sempre estou vasculhando novidades, destaques, pedindo indicações para experimentar. Gosto muito dos de fotografia, como PicLab, o Meme Design, por exemplo. Mas campeões de uso no iPhone são os de rádio mesmo. Pela manhã, alterno entre o app da Rádio Gaúcha e o Tune In. No fim do dia, apelo para o Waze para saber ocmo está o trânsito na hora de voltar pra casa. E nos finais de semana, principalmente os de F1, fico ligado nos apps relacionados ao tema: além do da FIA, recomendo o F1 Live24 e o F1 Pulse. E olha que nem comecei a falar dos de uso profissionalmente. No caso, apps de redes sociais. Preciso ter Twitter, Pages (Facebook), Instagram, Vine, LinkedIn, Pinterest, Path, etc...

 

Para que o aplicativo serve e por que é útil para você?

Às vezes recorro aos apps de foto para uma válvula de escape criativa, aos de rádio pela informação instantânea (só pra deixar claro, também ouço rádio AM e FM nos modos convencionais, ok?) e por lazer os de F1. Cada um tem seu momento no dia e na semana. O melhor momento para usar este app é... No tédio do trânsito congestionado diariamente às 18h30min aqui em Porto Alegre. Eu sei que não pode. Mas quem nunca tuitou estando trancado em uma avenida?

 

Agora, qual o pior app que passou por suas mãos ultimamente? E por quê?

No geral esse tipo de app dura menos de 24 horas no iPhone porque eu o deleto. E geralmente não costumo guardar o nome de um app que eu considere ruim.

 

E uma última pergunta: você paga por apps ou prefere sempre as gratuitas?

Para experimentar, prefiro os apps free. Depois de explorar as potencialidades do app, daí opto pela compra do full. Se não me interessar, daí mantenho a versão lite mesmo.