Ainda que nosso foco sejam os apps propriamente ditos, não descuidamos de um olhar ao que acontece no mundo dos smarphones e tablets - té porque muito do que se passa ali, logo será convertido em aplicativo - ou terão reflexos em algum.

Hoje nos chamou a atenção uma nova tecnologia que pode provocar mudanças na interação com nossos aparelhos móveis. O nome é Dirti, e já está disponível, ao menos para iPad. O produto consiste em uma superfície tátil, sobre a qual se depositam alguns grãos - que podem ser de qualquer material granulado e semi-transparente. Ao moldarmos os grãos, desenhamos o que aparecerá na tela. E aí há um app, que os mesmos criadores desenvolveram para adequar imagens e sons às mudanças que promovemos com os grãos.

 
Para além do processo tecnológico - uma câmera embaixo da superfície que apoia os grãos coordena tudo -, o que nos chamou a atenção foi o conceito do novo brinquedo. Em primeiro lugar, envolve algo fisico, o que, muitas vezes, depois de vários dias trabalhando em frente ao computador, nos faz falta. Mas, sobretudo, Dirti abre um mundo de possibilidades educativas para trabalhar com as crianças. As fotos promocionais da companhia retratam isso. Ninguém melhor do que um pequerrucho para brincar com as mãos, ainda que, neste caso, a criação se materilize na tela. Quem sabe Dirti não seria a argila dos novos tempos?